Saúde

Os constantes avanços na tecnologia abrem uma ampla variedade de novas opções para as pessoas, ajudando-nos a construir nosso próprio mundo digital. Agora podemos fazer nossas compras semanais em supermercados totalmente automatizados que contam com câmeras e sensores para rastrear o que os compradores retiram das prateleiras e o que colocam de volta. A ascensão da Internet das Coisas (IoT) personalizou nossas casas, permitindo que os dispositivos "conversem" uns com os outros. Um exemplo disso é uma geladeira inteligente com uma câmera embutida que exibe o conteúdo da geladeira em smartphones, que é outra maneira pela qual a tecnologia torna as compras de alimentos mais convenientes. As empresas sabem que os empregados gostam e fazem uso total de computadores e smartphones fora do trabalho, portanto, com a mudança acontecendo ao nosso redor, por que não mudamos a maneira como comunicamos os benefícios? Esse é um tópico que discuti no recente 2018 Employee Benefits event (Evento Benefícios aos Empregados, de 2018) em Cingapura, e falarei mais detalhadamente sobre ele aqui. Hoje, os empregados querem novas maneiras de trabalhar e uma experiência que ofereça acesso digital, personalização e bem-estar digital intuitivos a tempo. Mas isso não é fácil. Os departamentos de RH estão sob crescente pressão para não apenas desenhar programas de benefícios econômicos e atraentes, mas também entregá-los de maneiras que demonstrem que eles realmente se importam. Cinquenta e três por cento dos empregadores se comunicam com seus empregados uma vez por ano sobre benefícios. E a comunicação anual é normalmente realizada de duas maneiras: pessoalmente na sessão de renovação ou fornecendo um manual aos empregados.1 Aumentar a frequência da comunicação é uma das maneiras mais rápidas para os empregadores impulsionarem o engajamento dos empregados e a valorização de seus benefícios, e vale à pena, pois os empregados que sentem que suas necessidades estão sendo atendidas têm duas vezes mais chances de defender. Qual é a melhor forma de fazer isso? Para os empregadores, tornar a experiência digital é o futuro. Contudo, isso não significa que as mudanças precisam ser feitas no desenho dos benefícios, há muitas maneiras de melhorar os métodos de comunicação. Quatro dicas para tornar sua comunicação de benefícios mais parecida com uma experiência do consumidor: 1.    Na marca: Os nomes das marcas estão em toda parte - em outdoors, televisão, lojas, etc., mostrando que as mercadorias e como as percebemos desempenham um papel fundamental em nossas vidas. Portanto, marcar sua experiência digital desempenha um papel importante para garantir que os empregados reconheçam a importância dos benefícios e também ajuda a aumentar a conscientização. 2.    Interativa: Os dias de manuais para os empregados do tamanho de uma enciclopédia cheios de páginas sobre direitos extensivos a benefícios escritos no jargão de seguros são coisa do passado. No entanto, um manual para o empregado mais fácil de usar ainda é relevante, e os empregadores são agora aconselhados a criar materiais responsivos que funcionem como um aplicativo ou site, ao invés dos estáticos, para ajudar os empregados a se comunicar de forma eficaz. 3.    Personalizado: nossa pesquisa mostra que, adicionando um toque pessoal às informações dos benefícios aos empregados ajuda a desenvolver uma jornada individual. Um exemplo disso é usar vídeos personalizados com nomes individuais incorporados no clipe para mostrar aos empregados suas declarações. Essa abordagem aumenta a ação, a confiança e a apreciação entre os empregados. 4.    Social: Todos (praticamente) estão em alguma plataforma de mídia social, e os empregadores precisam aproveitar isso alavancando o que seus empregados estão dizendo nesses canais. Compartilhar histórias positivas dos empregados sobre seus benefícios ou o prazer de trabalhar para a empresa é uma maneira fantástica de atrair talentos e aumentar o moral. Também reforça sua posição como empresa. A utilização dessas quatro dicas ajudará a aumentar a conscientização sobre os benefícios, explicará como os empregados aproveitam seus benefícios, ajudará os empregados a entender qual plano é adequado para eles e, por fim, os empregados compartilharão suas experiências e falarão positivamente sobre isso

Marla Arnall | 06 dez 2018
tiles1

COMO PODEMOS AJUDAR?

Converse com um especialista da Mercer

back_to_top